Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Musk pode tirar Tesla da Califórnia por causa das medidas restritivas

Musk proíbe uso do aplicativo Zoom para funcionários da SpaceX
Imagem: Reprodução/Reuters
COMPARTILHE

“Francamente, é a gota d’água”, disse Musk após tentativa frustrada de reabrir fábrica na Califórnia.

A fabricante norte-americana de automóveis elétricos, Tesla, entrou com uma ação contra o condado de Alameda, na Califórnia, em protesto contra as medidas restritivas. 

O CEO da empresa, Elon Musk, ameaçou mudar a sede para Estados onde as medidas de combate ao Covid-19 estão mais flexíveis, como no Texas e Nevada.

A movimentação ocorre após as autoridades locais não permitirem o retorno da produção devido à pandemia de coronavírus. Como noticiado pela RENOVA, Musk tentou recomeçar — sem sucesso — as atividades da empresa na última sexta-feira (8).

Em mensagem no Twitter, neste sábado (9), Musk escreveu:

“Francamente, é a gota d’água. Tesla vai mudar imediatamente sua sede e seus futuros projetos para Texas e Nevada. E se tivermos de manter a atividade de fabricação em Fremont, dependerá de como formos tratados.”

O bilionário, que foi pai recentemente, ainda usou a China, onde o prédio de fabricação da Tesla reabriu, como exemplo do preparo da empresa para enfrentar a pandemia:

“Tesla sabe muito mais sobre o que se deve fazer para estar seguro devido à nossa experiência na fábrica da Tesla na China do que um funcionário (não eleito) interino do condado de Alameda [onde fica a fábrica da empresa].”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários