Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Musk pode tirar Tesla da Califórnia por causa das medidas restritivas

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Musk proíbe uso do aplicativo Zoom para funcionários da SpaceX
Imagem: Reprodução/Reuters
COMPARTILHE

“Francamente, é a gota d’água”, disse Musk após tentativa frustrada de reabrir fábrica na Califórnia.

A fabricante norte-americana de automóveis elétricos, Tesla, entrou com uma ação contra o condado de Alameda, na Califórnia, em protesto contra as medidas restritivas. 

O CEO da empresa, Elon Musk, ameaçou mudar a sede para Estados onde as medidas de combate ao Covid-19 estão mais flexíveis, como no Texas e Nevada.

A movimentação ocorre após as autoridades locais não permitirem o retorno da produção devido à pandemia de coronavírus. Como noticiado pela RENOVA, Musk tentou recomeçar — sem sucesso — as atividades da empresa na última sexta-feira (8).

Em mensagem no Twitter, neste sábado (9), Musk escreveu:

“Francamente, é a gota d’água. Tesla vai mudar imediatamente sua sede e seus futuros projetos para Texas e Nevada. E se tivermos de manter a atividade de fabricação em Fremont, dependerá de como formos tratados.”

O bilionário, que foi pai recentemente, ainda usou a China, onde o prédio de fabricação da Tesla reabriu, como exemplo do preparo da empresa para enfrentar a pandemia:

“Tesla sabe muito mais sobre o que se deve fazer para estar seguro devido à nossa experiência na fábrica da Tesla na China do que um funcionário (não eleito) interino do condado de Alameda [onde fica a fábrica da empresa].”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.