Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Na Argentina, Dilma diz que Bolsonaro foi eleito por um golpe

Na Argentina, Dilma diz que Bolsonaro foi eleito por um golpe
COMPARTILHE

A ex-presidente participou do “1º Encontro Mundial do Pensamento Crítico do Conselho Latino-americano de Ciências Sociais” da Argentina, nesta segunda-feira (19).

O evento será realizado entre esta segunda-feira (19) e sexta-feira (23) e contará ainda com a participação do candidato derrotado do PT, Fernando Haddad, do prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, do ex-presidente do Uruguai, José Pepe Mujica, da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, e do líder do grupo extremista MTST, Guilherme Boulos.

Em sua participação na manhã de hoje, a petista Dilma Rousseff, disse que um golpe foi responsável pela vitória de Jair Bolsonaro na eleição presidencial do Brasil.

Segundo informações de O Antagonista, a ex-presidente declarou:

O Brasil entrou em uma rota trágica porque nós corremos hoje o risco de sair de vez da democracia, e mesmo do estado de exceção em que estamos para um estado neoliberal e neofascista.

E acrescentou:

O golpe prendeu e impediu Luiz Inácio Lula da Silva de participar das eleições. As pesquisas mostravam claramente que se ele participasse do processo eleitoral ele ganharia. Então, o estado de exceção se completa com várias medidas que usa a própria lei como um biombo. Retirou-se a presunção da inocência e não se respeitou o devido processo legal. Isso viabilizou uma candidatura que convive com a herança da ditadura e da escravidão.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE