Na Espanha, Moro diz que Bolsonaro não ameaça minorias

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

“Bolsonaro não é um risco para a democracia”, afirmou Moro nesta segunda-feira (3), em Madri.

Durante uma série de conferências de personalidades da América Latina, na Espanha, o futuro ministro da Justiça, Sergio Moro, declarou:

Não vejo no presidente eleito um risco de autoritarismo ou risco à democracia.

Segundo informações da revista “Isto É“, ele acrescentou:

Por um lado, aceitei a proposta (para entrar no governo) porque eu entendi os compromissos institucionais e democráticos do presidente eleito. E, em segundo lugar, porque eu vi isso como uma oportunidade para impulsionar a luta contra a corrupção no Brasil a partir de outra esfera de poder.

O ex-juiz da Lava Jato também não teme que o presidente eleito Jair Bolsonaro tenha uma política discriminatória contra as minorias.

Moro afirmou:

As pessoas às vezes fazem declarações infelizes (…), isso não significa que se traduzirão em políticas públicas concretas e não há nada que indique que serão adotadas políticas discriminatórias contra as minorias no Brasil.

E completou:

Eu nunca aceitaria uma posição no governo se visse o menor risco de discriminação contra as minorias.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.