Nações islâmicas declaram Jerusalém Oriental como capital da Palestina

Português   English   Español
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Liderados por Erdogan, da Turquia, a cúpula da Organização para a Cooperação Islâmica se reuniu em Istambul e pediram o reconhecimento internacional de Jerusalém Oriental como capital da Palestina.

O líder da Turquia, que preside atualmente a OCI, manteve um discurso inflamado onde acusou Israel de ser um “Estado terrorista” e criticou Trump por “provocar um incêndio que queimará toda a região e o mundo”.

Erdogan afirmou:

Não pode haver uma paz regional e global se uma solução para a questão da Palestina não for encontrada. Não podemos ficar olhando uma situação da qual depende o nosso futuro. Esta decisão é também um golpe contra nossa civilização.

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, também anunciou que para eles os Acordos de Oslo, assinados em 1993 e qualquer outro assinado desde então, perderam sua validade após a decisão de Donald Trump de reconhecer Jerusalém.

 

Com informações de: (1)
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...