PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

‘Não acredito em pesquisas’, diz Bolsonaro sobre Ipec

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Datafolha em 2018 dizia que eu perderia até para o [cabo] Dacciolo", diz Bolsonaro.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O presidente Jair Bolsonaro comentou, nesta sexta-feira (25), sobre o levantamento divulgado, na madrugada desta quinta-feira (25), pelo instituto Ipec que coloca o ex-presidente Lula da Silva (PT) como favorito nas eleições de 2022, com 49% das intenções de voto.

Em conversa com a imprensa durante visita a cidade de Sorocaba, interior de São Paulo, para inauguração de centro de tecnologia, Bolsonaro ainda alertou para a decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou o ex-juiz Sergio Moro parcial ao condenar o petista no caso do tríplex do Guarujá.

“Tornaram o Lula elegível para quê? Para elegê-lo presidente na fraude.”

Questionado por jornalistas sobre a pesquisa recente do Ipec, que foi feita entre 17 e 21 de junho, Bolsonaro rebateu:

“Não acredito em pesquisas. O Datafolha em 2018 dizia que eu perderia até para o [cabo] Dacciolo e todo mundo viu o que aconteceu.”

Criado por ex-executivos do Ibope Inteligência após o seu encerramento, o Ipec atua na área de consultoria e inteligência em pesquisas de mercado, opinião pública e política.

Levando-se em consideração cinco pré-candidatos ao Palácio do Planalto, a situação atual da eleição presidencial em 2022, segundo o levantamento do Ipec, é a seguinte:

  • Lula da Silva (PT): 49%
  • Jair Bolsonaro (sem partido): 23%
  • Ciro Gomes (PDT): 7%
  • João Doria (PSDB): 5%
  • Luiz Henrique Mandetta (DEM): 3%
  • Brancos / Nulos: 10%
  • Não sabem / Não responderam: 3%.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.