- PUBLICIDADE -

‘Não é nepotismo’, diz Bolsonaro sobre filho como embaixador

'Não é nepotismo', diz Bolsonaro sobre filho como embaixador
- PUBLICIDADE -

“Essa função, ela não é nepotismo, eu jamais faria isso”, afirmou o presidente Bolsonaro.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, respondeu a acusação de nepotismo pela possível indicação do seu filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), ao cargo de embaixador do Brasil nos Estados Unidos.

Durante transmissão ao vivo no Facebook, nesta sexta-feira (12), Bolsonaro declarou:

“Essa função, ela não é nepotismo, eu jamais faria isso. Ou vocês acham que eu mandaria o Eduardo renunciar ao mandato e voltar para ser agente da Polícia Federal? Com todo o respeito que eu tenho pela instituição.”

Na ocasião, o chefe do Executivo disse que a decisão não depende dele, mas sim de seu filho e do Senado Federal:

“Isso passa pelo Senado, não passa por mim. Agora, eu fico muito feliz em saber que, se meu filho for sabatinado no Senado, ele vai se sair muitíssimo bem.”

Bolsonaro completou:

“Querem que eu bote quem lá? O Celso Amorim? O Aloysio Nunes, que foi motorista do Marighella? Meu filho é muito melhor do que eu, já esteve em vários países da Europa. Agora, se eu vou indicá-lo ou não, aí eu vou esperar o momento certo [para decidir]. Quanto às críticas, não estou preocupado.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -