Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

‘Não é um número que vai fazer a diferença’, diz Pazuello

"O que faz a diferença é cada brasileiro que se perde", disse o ministro.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Avanço do coronavírus no interior é inevitável diz Pazuello
Imagem: Wallace Martins/Folhapress
COMPARTILHE

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, fez uma menção ao número de 100 mil mortos pelo coronavírus no Brasil.

Durante cerimônia de inauguração de uma Unidade de Apoio ao Diagnóstico da Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (10), o general afirmou:

“Não é um número que vai fazer a diferença. Não é 95, 98 ou 101 que vai fazer a diferença. O que faz a diferença é cada brasileiro que se perde. Nós precisamos compreender como parar o sangramento com diagnóstico precoce, tratamento imediato e suporte respiratório antes a UTI.”

Segundo o portal UOL, Pazuello acrescentou:

“O brasileiro que tiver qualquer sintoma deve procurar o médico, esse médico tem todo o poder soberano de diagnosticar de forma clínica, com base em exames de imagens e testes para definir o tratamento. O brasileiro que for diagnosticado, receba a prescrição dos medicamentos e tome. Não agravando seu quadro, ele não precisará de UTI.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.