Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Não há cortes, há contingenciamento’, diz Weintraub

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
‘Não há cortes, há contingenciamento’, diz Weintraub

Em audiência no Senado Federal, o ministro da Educação diz que universidades não podem ser consideradas “estados soberanos”.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, negou nesta terça-feira (7) que o governo Jair Bolsonaro tenha implementado cortes de recursos. A terminologia adotada por ele é que há “contingenciamento”.

Em audiência pública na Comissão de Educação do Senado, segundo o Metrópoles, Weintraub explicou:

“Quanto a situação das universidades eu gostaria de reforçar: não houve corte, não há corte. Vou repetir. Não há corte, há um contingenciamento.”

O ministro enfatizou que é a favor da autonomia universitária, mas destacou que as universidades brasileiras não podem ser tratadas como “estados soberanos”:

“Sou 100% a favor da autonomia universitária. Para mim, [que haja] mais liberdade para as universidades. Mas autonomia universitária não é soberania universitária. Eles não são um estado soberano. Com a legislação que a gente tem no Brasil, não pode ter consumo de drogas dentro dos campi. Porque a lei não permite no território nacional o consumo.”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email