PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

‘Não há importância no que tomei ou deixei de tomar’, diz Uip

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

“Não faço isso para esconder nada”, disse o médico ao ser questionado sobre se tomou hidroxicloroquina.

Recuperado de uma infecção pelo novo coronavírus, o médico David Uip, chefe do combate à pandemia em São Paulo, foi questionado mais uma vez se tomou hidroxicloroquina durante o tratamento da doença.

Em entrevista coletiva, nesta terça-feira (7), Uip declarou:

“Não há nenhuma importância no que eu tomei ou deixei de tomar. Primeiro fato: eu não me prescrevi ou me receitei, fui cuidado por médicos da minha confiança. Segundo: se eu tomei ou não antibiótico ou qual droga para febre ou enjoo, isso é algo absolutamente pessoal.”

De acordo com O Antagonista, o médico acrescentou:

“Não faço isso para esconder nada, mas não quero colocar o meu caso, a minha história, como modelo para coisa alguma.”

Horas atrás, através de mensagens na rede social Twitter, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Augusto Heleno, e o presidente da República, Jair Bolsonaro, perguntaram ao médico se ele havia feito o uso da hidroxicloroquina no combate ao Covid-19.

“Diante da sua rápida recuperação, fica claro que essa atitude pode contribuir para salvar milhares de vidas”, disse Heleno, como noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.