Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Não há indícios de racismo’, diz delegada sobre crime no Carrefour

'Não há indícios de racismo', diz delegada sobre crime no Carrefour
COMPARTILHE

O homem foi espancado até a morte por seguranças de um supermercado Carrefour.

Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Porto Alegre, é a responsável pela investigação do homicídio qualificado de João Alberto Silveira Freitas.

Em conversa com a emissora CNN Brasil, Bertoldo afirmou que “não há indícios de racismo até o momento”.

O homem negro, de 40 anos, foi espancado até a morte por seguranças de um supermercado Carrefour, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite da última quinta-feira (19).

Em conversa com a rádio Jovem Pan, a delegada acrescentou que a morte foi causada por asfixia:

“O departamento médico legal comentou que os vestígios corporais da vítima, tanto interno quanto externo, dão conta de asfixia. Ele estava custodiado no chão e duas pessoas estavam sobre o corpo, impedindo que ele pudesse respirar. Essa certamente é a causa que levou ao seu óbito.”

De acordo com o pai, a morte do filho foi um episódio de racismo:

“Foi um episódio de racismo. Basta ver a força da agressão. Primeira coisa que perguntei foi: ele estava roubando? Se não estava, por que ser agredido? E por que ser agredido brutalmente pelos seguranças? Aliás, não posso chamá-los de seguranças, porque isso desmerece os profissionais que são seguranças de verdade.”

Um inquérito policial está apurando a motivação das agressões contra João Alberto.

O corpo de João Alberto seria velado a partir das 8h deste sábado (21) no cemitério São João, no bairro Iapi, onde o sepultamento deve ocorrer às 11h.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
3 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Irany Leme
Irany Leme
14 dias atrás

Na verdade esse episódio lamentável é uma demonstração de raivismo, é a violência imperando no pais e no mundo.
Os socialistas devem estar em êxtase, eles vivem alimentando o raivismo, e já estamos vivendo
isso todos os dias.
Essa é a pior geração dos últimos anos.

Burg Euro
Burg Euro
14 dias atrás

Porto alegre esquerdista que vota em Manuela , vai esperar o que? Progressistas de mer…. da

Gil Pereira Xavier
Gil Pereira Xavier
Responder  Burg Euro
14 dias atrás

Porto Alegrense se acha esperto, culto, intelectual,se acham os tais….Mas é só ver para cidade, para ver quem eles são realmente.

PUBLICIDADE