Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Não há previsão de compra da vacina chinesa, diz Ministério da Saúde

Rússia iniciará vacinação em massa contra coronavírus em outubro
COMPARTILHE

"Não há intenção de compra de vacinas chinesas", diz Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde convocou uma coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (21), para negar que haja previsão de compra de vacina da China contra o coronavírus.

O pronunciamento acontece após publicações nas redes sociais do presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre o controverso assunto.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, afirmou:

“Não há intenção de compra de vacinas chinesas.”

E enfatizou:

“Não houve qualquer compromisso com o governo do estado de São Paulo, ou seu governador, no sentido de aquisição de vacinas contra a covid-19.”

Franco concluiu:

“Qualquer vacina, quando estiver disponível, certificada pela Anvisa, e adquirida pelo Ministério da Saúde, poderá ser oferecida aos brasileiros por meio do Programa Nacional de Imunizações, e no que depender desta pasta, não será obrigatória.”

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE