Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Não queria estar no lugar dele’, diz ministro do STF sobre Moro

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Não queria estar no lugar dele’, diz ministro do STF sobre Moro
COMPARTILHE

“É ruim para a imagem do juiz Sergio Moro como candidato a uma cadeira no Supremo”, disse o ministro Marco Aurélio sobre as conversas vazadas por site estrangeiro.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, avaliou que as reportagens do site The Intercept prejudicam a imagem do ministro da Justiça, Sergio Moro, como postulante a uma cadeira na Corte.

Em entrevista à revista Veja, o ministro afirma ter dúvidas até mesmo sobre a continuidade do ex-juiz no governo do presidente Jair Bolsonaro:

“É ruim para a imagem do juiz Sergio Moro como candidato a uma cadeira no Supremo. Hoje eu tenho dúvidas até se ele termina o governo aí ministro da Justiça, mas vamos esperar.”

Marco Aurélio acrescentou:

“Isso é muito ruim e fragiliza o Judiciário, como fragilizou também o Judiciário o fato dele, o juiz Sergio Moro, ter deixado um cargo vitalício, sem a aposentadoria, para ser auxiliar do presidente da República. E o pior é que o presidente o colocou em sabatina constante, até novembro de 2020, no que anunciou o compromisso de indicá-lo para o Supremo. É complicada a caminhada do ministro Sergio Moro, eu não queria estar no lugar dele – e certamente não estaria.”

O magistrado também ponderou que um juiz só pode se comunicar com as partes nos autos do processo:

“Isso é impensável. Para um juiz, é inimaginável instruir uma das partes. Órgão acusador é o Ministério Público, o juiz tem que guardar a independência, a equidistância. Pelo menos na visão do leigo e daqueles que foram processados, isso fica prejudicado, a coisa fica tenebrosa.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram