‘Não quero e não posso intervir na Petrobras’, diz Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes, o motivo da reunião desta terça foi unicamente para “esclarecer a prática de preços para o presidente”.

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse, por meio do porta-voz, Otávio Rêgo Barros, que não tem intenções em interferir na política de preços da estatal.

“Não quero e não posso intervir na Petrobras”, afirmou o presidente, de acordo com o porta-voz.

A declaração foi feita nesta terça-feira (16) após uma reunião de Bolsonaro ao lado dos seus ministros, do presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e de técnicos da estatal.

Guedes explicou que Bolsonaro ligou para o presidente da Petrobras para questionar acerca do aumento no preço do diesel porque estava comemorando 100 dias de governo quando recebeu a notícia:

“No dia que eu completo 100 dias no governo, você quer jogar diesel no meu chopp? Se fosse para não mexer ou mexer, ele teria conversado comigo.”

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.