PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Não somos contra o voto impresso, mas repudiamos o sensacionalismo

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Apenas Brasil, Bangladesh e Butão usam a urna eletrônica sem comprovante do voto impresso.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A campanha pela implementação do voto impresso auditável no sistema eleitoral do Brasil é extremamente válida.

Afinal, apenas Brasil, Bangladesh e Butão usam a urna eletrônica sem comprovante do voto impresso.

Então, não há nada de errado em defender o aprimoramento deste sistema. Muito pelo contrário.

No entanto, nós repudiamos a utilização do clamor popular para fazer sensacionalismo barato.

Na noite desta sexta-feira (16), o deputado Filipe Barros, relator da PEC do voto impresso auditável, divulgou uma entrevista com o hacker Marcos Roberto Correia da Silva, conhecido como “Vanda, The God”.

O cibercriminoso foi preso pela Polícia Federal (PF), em 2020, após ser apontado como o responsável pelo maior vazamento de dados do Brasil.

No entanto, apesar de o deputado ter rotulado o conteúdo como um “vídeo bombástico“, a história do hacker já foi bem divulgada pelo noticiário

No vídeo, “Vanda, The God” não apresenta nada novo sobre as possíveis vulnerabilidades das urnas eletrônicas, apenas palavras jogadas ao vento…

Então, por que todo esse sensacionalismo na divulgação do conteúdo? A resposta é simples: alguns deputados querem te manter cego pela raiva, pois assim fica mais fácil te manipular.

Desde que apontamos esses detalhes, a RenovaMídia vem sendo alvo de duros ataques, mas não vamos nos intimidar.

É importante enfatizar mais uma vez: não somos contra a implementação do voto impresso, mas repudiamos com todas as nossas forças a utilização do sensacionalismo para manipulação popular.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.