Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

‘Não têm embasamento’, diz diretor da OMS sobre falas dos EUA

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Epicentro da pandemia de coronavirus e a Europa diz OMS
Imagem: Fabrice Coffrini / AFP
COMPARTILHE

“O partidarismo simplesmente piorou a situação”, diz diretor-geral da OMS sobre a pandemia. 

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, rebateu as declarações recentes de Mike Pompeo, chanceler dos Estados Unidos, que o acusou de ter-se deixado “comprar” pela China.

Em entrevista coletiva virtual realizada em Genebra, Adhanom disse que as afirmações de Pompeo “não são aceitáveis e não têm embasamento”, reforçando que a OMS não vai “perder o foco” por isto:

“Se há algo que realmente é importante para nós e que deveria ser importante para todos é salvar vidas. A OMS não vai perder o foco por causa desse tipo de comentário. Como sabem, uma das maiores ameaças que enfrentamos é a politização da pandemia. A covid-19 não respeita fronteiras, ideologias ou partidos. As políticas da covid-19 devem ser colocadas em quarentena.”

Segundo o portal UOL, Tedros concluiu:

“Apelo para que as nações trabalhem juntas. O partidarismo simplesmente piorou a situação. O que é importante é termos soluções baseadas na ciência e na solidariedade. As alegações [de Pompeo] não são verdadeiras e não têm embasamento.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM