Português   English   Español

Nasce no Brasil 1º bebê em útero transplantado de doadora morta

Uma brasileira que recebeu um transplante de útero de uma doadora morta deu à luz a uma menina, no primeiro caso bem-sucedido deste tipo.

O caso, relatado no periódico médico “The Lancet“, envolveu a ligação de veias do útero da doadora a veias da receptora, além de artérias, ligamentos e canais vaginais, informa a agência “Reuters“.

Dez casos anteriores de transplante de útero de uma doadora morta nos Estados Unidos, na República Tcheca e na Turquia não resultaram no parto de um bebê vivo.

A menina brasileira nasceu via cesariana, com 35 semanas e três dias de vida, pesando 2,550 quilos, segundo o estudo de caso.

Dani Ejzenberg, médico do hospital da Universidade de São Paulo (USP) que liderou a pesquisa, disse que o transplante —realizado em setembro de 2016 quando a receptora tinha 32 anos— mostra que a técnica é viável e que pode dar às mulheres que sofrem de infertilidade uterina acesso a um banco maior de doadoras em potencial.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter