Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nebulosa de Anel Azul: cientistas resolvem mistério

Nebulosa de Anel Azul: cientistas resolvem mistério
COMPARTILHE

Essa nebulosa gasosa está em rápida expansão a partir de uma estrela central.

Um grupo de cientistas da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, finalmente foi capaz de resolver o mistério da Nebulosa de Anel Azul

A estrutura espacial foi estudada nos últimos 16 anos, com múltiplos telescópios a partir da Terra.  

No entanto, até agora, nenhuma explicação plausível sobre a origem de dois anéis de luz no centro do astro ou a razão do fenômeno havia sido proposta. 

 O cientista Guomundur Stefansson, coautor do artigo científico sobre a descoberta, declarou: 

“Estávamos observando uma noite com um espectrógrafo que havíamos acabado de construir, quando recebemos a mensagem de colegas que estavam estudando um objeto peculiar, composto de uma nebulosa gasosa em expansão rápida a partir de uma estrela central.” 

E acrescentou: 

“Como ele se formou? Quais são as propriedades da estrela no centro? Ficamos empolgados para resolver o mistério.” 

De acordo com a pesquisa, a Nebulosa de Anel Azul é uma fusão de um sistema binário — composto por apenas duas estrelas — onde um sol, de massa maior, atraiu uma estrela de massa menor para o seu interior após tornar-se um super gigante.  

Os anéis azuis característicos seriam o material de formação da estrela menor, sendo expelido em formato de cone, em direções opostas ao centro gravitacional, para o espaço.  

A força da fusão faz com que as duas extremidades dos cones flutuem ao redor do objeto central. 

Confira a simulação por computador: 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
1 Comentário
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Cavalo Branco
Cavalo Branco
2 meses atrás

Seria um fenômeno parecido com o nosso “hagal”, fenômeno celestial que deu origem à runa e lembra um “H”, assimilado ao nosso sistema gráfico como asterisco?! O símbolo está presente desde a Ásia até a América.

PUBLICIDADE