Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nebulosa do Caranguejo produz luz com energia mais alta já detectada

Nebulosa do Caranguejo produz luz com energia mais alta já detectada

A Nebulosa do Caranguejo é o remanescente de uma supernova registrada por astrônomos chineses no ano 1054.

Um telescópio no Tibete observou a luz de energia mais alta já vista até o momento.

Pela primeira vez, uma equipe de cientistas de 28 instituições da China, do Tibete e do Japão relatou ter medido fótons, partículas de radiação eletromagnética, com mais de 100 tera-elétron-volts (TeV) de energia, informa o site Gizmodo.

A fonte, a Nebulosa do Caranguejo, é uma estrela de nêutrons em movimento giratório que continua a impressionar os astrofísicos com suas impressionantes propriedades físicas.

Descobertas como essa podem potencialmente abrir uma janela para os tipos de processos físicos de difícil acesso em laboratórios localizados na Terra.

Remanescente de uma supernova registrada por astrônomos chineses no ano 1054, a Nebulosa do Caranguejo é uma nuvem de gás e poeira com uma estrela de nêutrons girando regularmente no centro, o Pulsar do Caranguejo, a cerca de 6.500 anos-luz de distância.

Este objeto é amplamente estudado graças ao interesse em pulsares giratórios e seu comportamento e ao fato de ser um remanescente de supernova cuja fonte conhecemos.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias