- PUBLICIDADE -

Netanyahu recebe príncipe William em histórica visita a Israel

- PUBLICIDADE -

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, recebeu nesta terça-feira (25) em Jerusalém o príncipe William, o primeiro membro da Casa Real britânica a realizar uma visita oficial a Israel desde 1948.

O Duque de Cambridge visitou o Museu do Holocausto (Yad Vashem), onde viu a exposição permanente e liderou uma cerimônia na qual acendeu uma tocha e entregou um ramo de flores na Cripta da Lembrança em memória aos seis milhões de judeus exterminados pelo nazismo.

Durante o percurso, o príncipe, que se mostrou comovido durante a exibição de sapatos de judeus mortos, disse que era “aterrorizante” e que tentava “compreender a magnitude” do ocorrido.

De acordo com informações do BOL:

Também se encontrou com dois sobreviventes do Holocausto que quando crianças puderam fugir da Alemanha e se refugiar no Reino Unido, onde foram amparados por famílias britânicas.

Um deles, Henry Foner, de 86 anos e atualmente residente em Jerusalém, expressou a gratidão pela amparo de seu país como refugiado e, diante de um grupo de jornalistas, disse estar “muito emocionado e agradecido”.

O neto da rainha da Inglaterra, segundo na linha de sucessão ao trono, escreveu no livro de visitas que o Holocausto é uma história “de escuridão e desespero, que questiona a Humanidade em si mesma”, e pediu que nunca o esqueçamos, informou o jornal “Times of Israel”.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -