Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nicarágua defende estratégia anticonfinamento contra coronavírus

Nicarágua defende estratégia anticonfinamento contra coronavírus
Imagem: REUTERS/Oswaldo Rivas
COMPARTILHE

“Tomar medidas drásticas de fechamento teria um efeito debilitante sobre a economia”, diz regime da Nicarágua.

A ditadura da Nicarágua defendeu sua decisão de não fechar o país da América Central para conter a proliferação da pandemia de coronavírus.

O regime de Daniel Ortega acusou a oposição de tentar “enfraquecer” a administração, de acordo¹ com um “livro branco” divulgado nesta segunda-feira (25) pelas autoridades.

“Eles criticam o governo por não estabelecer uma quarentena, não fechar fronteiras, não proibir a entrada de estrangeiros em território nacional ou suspender o ano letivo em escolas e universidades públicas, tudo com o objetivo de enfraquecer a economia”, diz o livro.

A publicação² ressalta que “a situação da pandemia está sob controle” e rejeita críticas de especialistas em saúde e entendidades internacionais pela falta de medidas de contenção.

“A Nicarágua segue o mesmo exemplo da Suécia, mas entre os países em desenvolvimento, que adotou uma alternativa ao fechamento total de atividades”, acrescenta o livro.

O governo local justificou que “tomar medidas drásticas de fechamento teria um efeito debilitante sobre a economia, mais ainda, poderia ser catastrófico”.

Referências: [1][2]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários