Português   English   Español

Nicarágua deporta jornalista por cobrir protestos contra ditador

Repressão da ditadura de Daniel Ortega contra a população da Nicarágua já dura cinco meses e meio e resultaram na morte de mais de 300 pessoas.

A Nicarágua deportou nesta semana um jornalista estrangeiro que vinha cobrindo a onda de protestos contra o ditador Daniel Ortega.

Carl David Goette-Luciak, repórter austríaco-americano, foi detido em sua casa em Manágua na segunda-feira (1) e interrogado por horas pelas forças de segurança antes de ser transportado de avião para El Salvador.

Após ser deportado, Goette-Luciak declarou ao jornal nicaraguense Confidencial que foi levado de sua casa praticamente nu e que, embora não tenha sido agredido, foi ameaçado de tortura pelos agentes de segurança.

“Um policial me disse que iriam me deportar porque em meus artigos eu escrevia e opinava sobre coisas falsas, e também por participar em manifestações clandestinas”, relatou.

 

Adaptado da fonte Gazeta do Povo

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter