Português   English   Español

Nicarágua lança ofensiva para recuperar controle de cidade rebelde

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

A cidade de Masaya, com uma população de 100.000 habitantes, se declarou em rebeldia para exigir que o presidente Daniel Ortega e sua esposa e vice-presidente, Rosario Murillo, abandonem o poder.

As forças do governo da Nicarágua lançaram nesta terça-feira (19) uma forte ofensiva para recuperar o controle da cidade de Masaya, declarada em rebeldia por seus habitantes.

O secretário da Associação Nicaraguense Pró Direitos Humanos (ANPDH), Álvaro Leiva, denunciou:

Diante deste ataque desmedido e incomparável em força, os cidadãos estão fazendo resistência física dentro de suas possibilidades porque têm que proteger suas vidas.

De acordo com informações do BOL:

O ataque à cidade aconteceu na manhã desta terça, horas depois da Conferência Episcopal da Nicarágua (CEN) suspender o diálogo até que o governo inclua a Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), o Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanos e a União Europeia (UE) na investigação da violenta repressão dos protestos, que deixam 180 mortos em dois meses.

“São ouvidos fortes sons de rajadas (de fuzil) em Coyotepe, La Barranca e na entrada principal de Masaya, que já estão sob controle” das forças do governo, acrescentou Leiva.

Na operação foram reportados ao menos 32 feridos e “estamos enviando ajuda para que parem o ataque e seu terror” contra a população de Masaya, declarou Leiva ao canal independente 100% Noticias.

As forças governamentais, apoiadas por tratores e caminhões da Prefeitura de Manágua, suspendiam os bloqueios na estrada para Masaya.

 

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...