Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nicarágua liberta ex-militar que assassinou estudante do Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Nicarágua liberta ex-militar que assassinou estudante do Brasil

A decisão foi tomada por juízes da primeira turma do Tribunal de Apelações de Manágua, na Nicarágua.

A Justiça da Nicarágua determinou, nesta terça-feira (23), a soltura do ex-militar Pierson Gutiérrez Solís, condenado a 15 anos de prisão por assassinar a estudante brasileira Raynéia Gabrielle Lima.

Os três integrantes do órgão usaram a polêmica Lei de Anistia, aprovada pelo regime de Daniel Ortega em junho deste ano, como argumento para libertar o homicida, de 42 anos, segundo a agência EFE.

A brasileira Raynéia, que cursava Medicina na Universidade Americana (UAM), foi ferida enquanto dirigia perto da casa do tesoureiro da Frente Sandinista de Libertação Nacional, Francisco López.

O crime ocorreu há um ano perto de uma universidade estatal que dias antes havia sido atacada por policiais e civis armados simpáticos ao regime Ortega.

A Lei da Anistia é criticada pela oposição nicaraguense sob o argumento que não oferece justiça às vítimas dos protestos contra o regime. O texto também se baseia na tese de que as manifestações foram uma tentativa de golpe de Estado.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias