Nicarágua pode ser novo foco da crise migratória na América do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Alto comissário de Direitos Humanos da ONU alerta para padrões similares entre a repressão de Daniel Ortega e do chavista Nicolás Maduro.

A situação na Nicarágua pode desencadear a próxima crise de refugiados na América Latina, colocando ainda mais pressão sobre os países da região que já estão sendo inundados por venezuelanos.

O alerta foi feito pelo alto comissário Direitos Humanos da ONU, Zeid Al-Hussein.

Em uma entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (29) em Genebra, ele deixou claro que chegou o momento de a comunidade internacional colocar pressão sobre o regime da Nicarágua.

Zeid declarou:

Deve haver uma mudança na atitude de aplicar um pulso de ferro (por parte do governo de Daniel Ortega). Com uma economia frágil, ela pode ter uma situação similar a de Venezuela.

E acrescentou:

A violência e a impunidade dos últimos quatro meses expõem a fragilidade das instituições do país e do estado de direito.

Em um relatório publicado, Hussein critica abertamente a repressão no país e denuncia sérias violações, incluindo execuções sumárias, desaparecimentos, torturas e detenções arbitrárias.

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.