Nicolás Maduro zomba da eleição na Colômbia

O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, comparou as eleições de domingo na Colômbia a “um programa cômico”, em referência à falta de cédulas, o que obrigou as autoridades eleitorais a recorrer a fotocópias.

Maduro declarou em rede nacional de rádio e TV nessa segunda-feira (12).

Me provoca risadas. Parece um programa cômico. Isto é a Colômbia. Santos, você é um cara de pau!

Maduro devolveu assim as críticas do líder colombiano, Juan Manuel Santos, às eleições presidenciais convocadas para 20 de maio na Venezuela, que o governo em Bogotá não reconhecerá diante da falta de garantias para a oposição venezuelana.

‘Santos fala em garantias eleitorais quando o sistema eleitoral na Colômbia é uma vergonha…’, disse Maduro.

De fato, a Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) constatou problemas por falta de cédulas suficientes para votar no domingo nas consultas internas partidárias na Colômbia.

A disponibilidade dessas cédulas “deveria ser garantida com antecedência para assegurar o direito ao voto e evitar o uso de soluções artesanais, como o de fotocópias“, apontou a missão.

A Procuradoria da Colômbia informou que abriu uma investigação ao órgão eleitoral pelo ocorrido.


Com informações de: [EM]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.


Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *