No Pará, Bolsonaro critica PT, chama Lula de ‘bandido’ e faz pedido ao STF

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Em viagem a Marabá, no Pará, o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, não poupou críticas ao Partido dos Trabalhadores (PT) e ao seu líder, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Jair Bolsonaro chegou no início da tarde de quinta-feira (12) a Marabá.

No saguão do aeroporto, foi carregado por simpatizantes. Em todos as visitas feitas por ele a estados do país, o momento mais esperado por seus seguidores é a saudação no aeroporto.

Em um discurso com ênfase na questão da segurança pública, o presidenciável disse que o porte de armas era direito do cidadão brasileiro.

Bolsonaro acrescentou com uma crítica ao PT:

Mais importante do que a defesa da sua vida, é a defesa da nossa liberdade, que essa esquerdalha, materializada com o nome de PT, partido de trambiqueiros, quer tirar de nós. Onde o povo trabalha, o PT não cresce.

O pré-candidato do PSL ainda atacou o ex-presidente Lula:

Eu não quero mais o Lula preso. Eu quero o Lula em cana! Esse bandido tentou um movimento agora para ficar livre das grades e dos crimes que ele cometeu. Mas, como ainda temos pessoas de bem no Brasil, como Sergio Moro, entre outros, esse bandido vai continuar lá.

Ele também deixou um pedido aos ministros do Supremo:

E a gente espera que o Supremo Tribunal Federal não bote para fora esse grande canalha chamado Luiz Inácio Lula da Silva!

 

Com informações de O Globo | O Antagonista

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações