Português  English  Español  Español
Português  English  Español  Español

Noruega quer ampliar presença de militares dos EUA no país

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

O governo conservador da Noruega se mostrou favorável nesta terça-feira (12) a prolongar por mais cinco anos, e também a duplicar, a presença de um contingente de fuzileiros navais dos Estados Unidos em seu território.

O governo da Noruega informou em comunicado:

Se o diálogo com os americanos for frutífero, haveria até 700 soldados, distribuídos entre as bases de Vaernes (centro) e Setermoen (norte).

O acordo original, assinado a pedido dos Estados Unidos, estabelece que as tropas americanas façam exercícios e manobras com as norueguesas, e “eventualmente outras forças”, em distintas partes do país nórdico, que é membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

A Rússia protestou em várias ocasiões pela presença de fuzileiros navais americanos no território do país nórdico.

O partido de oposição Esquerda Socialista (SV, na sigla em norueguês) qualificou hoje a decisão de “pouco inteligente” e acusou o Executivo de colocar a Noruega no meio de um conflito entre grandes potências.

 

Com informações de BOL

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias