Nova cirurgia pode tirar Bolsonaro da campanha do 2º turno

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Aliados do candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, já admitem a hipótese de ele não participar das atividades da campanha nem no segundo turno.

O candidato foi submetido na noite de quarta-feira (12) a nova cirurgia que deve esticar sua internação no Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

O efeito imediato na campanha será um cessar-fogo na artilharia contra ele por parte dos seus oponentes. Após ser esfaqueado, Jair Bolsonaro foi poupado, mas os ataques voltaram assim que as pesquisas o colocaram na liderança com 26% das intenções de voto.

Opositores de Bolsonaro concluíram ontem que diante do novo quadro o candidato quem criticá-lo poderá ser visto pelo eleitorado, mesmo os que não votam no militar, como insensível.

 

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.