- PUBLICIDADE -

Nova denúncia da Lava Jato contra ex-presidente da Transpetro

Nova denúncia da Lava Jato contra ex-presidente da Transpetro
- PUBLICIDADE -

A denúncia foi levada à Justiça Federal em abril. Lava Jato confirma esquema de propinas na Transpetro.

A força-tarefa da Operação Lava Jato divulgou, nesta quarta-feira (3), nova denúncia criminal contra o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, e o operador financeiro, Paulo César Chafic Haddad, por lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa.

Segundo a acusação, pelo menos R$ 13,5 milhões foram pagos em propina para garantir o direcionamento de negócio em favor das empresas Noroil Empresa de Navegação Ltda. e Vilken Hull.

Os procuradores da Lava Jato afirmam que “ao longo da investigação ficou comprovado que, da mesma maneira que foi demonstrado na Petrobras, o esquema criminoso de pagamentos de propina se estendeu para a Transpetro“.

Sérgio Machado, então presidente da subsidiária, indicado e mantido no cargo por integrantes do MDB, tinha a função de arrecadar propinas para seus padrinhos políticos, afirma a Procuradoria.

“Em contrapartida ao pagamento de vantagens indevidas, ele promovia o direcionamento de contratações e repassava informações sigilosas a fim de beneficiar determinadas empresas”, diz a denúncia, segundo o site Metrópoles.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -