Nova fase da Lava Jato contra doleiros que movimentaram bilhões

PF cumpre cerca de 40 de mandados de prisão em cinco estados brasileiros, no Uruguai e no Paraguai.

A Polícia Federal cumpre cerca de 40 mandados de prisão na manhã desta quinta-feira (3) em uma nova etapa da Operação Lava Jato.

As ações estão sendo feitas no Distrito Federal, em Minas, no Rio de Janeiro, no Rio Grande do Sul e em São Paulo, e também no Paraguai e no Uruguai.

Essa nova fase tem como principal alvo um grupo de doleiros acusado de movimentar US$ 1,6 bilhão por meio de 3 mil empresas offshore em 52 países.

De acordo com informações do Congresso em Foco:

Segundo a Polícia Federal, os suspeitos remetiam recursos ao exterior por meio de um mecanismo chamado “dólar-cabo”, fugindo, dessa maneira, das instituições financeiras reguladas pelo Banco Central. Esse sistema é conhecido como BankDrop. O grupo usava softwares que permitiam aos doleiros atuarem como bancos clandestinos.

O principal procurado pelos policiai é o doleiro Dário Messer, que tem residência no Rio e no Paraguai. As ações, autorizadas pelo juiz Marcelo Bretas, do Rio, são baseadas nas delações do doleiro Vinícius Vieira Barreto Claret, o Juca Bala, e Cláudio Fernando Barbosa, o Tony. Os dois atuavam no esquema do ex-governador Sérgio Cabral Filho (MDB), preso desde 2016.

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *