Português   English   Español
Português   English   Español

Nova fase da Lava Jato mira doações eleitorais do Grupo Petrópolis

Nova fase da Lava Jato mira doações eleitorais do Grupo Petrópolis
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Mandados são cumpridos pela PF em 15 cidades diferentes e foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta quarta-feira (31), a 62ª fase da Operação Lava Jato, nomeada de “Rock City”.

Foram expedidos um mandado de prisão preventiva, cinco mandados de prisão temporária e 33 mandados de busca e apreensão. Eles estão sendo cumpridos pela PF em 15 cidades diferentes e foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

Segundo a investigação da PF, o Grupo Petrópolis teria auxiliado a empreiteira Odebrecht a pagar propina através da troca de reais no Brasil por dólares em contas no exterior.

A informação da PF é que um executivo da Odebrecht afirmou em delação premiada que utilizou o Grupo Petrópolis para realizar doações de campanha eleitoral para políticos de outubro de 2008 a junho de 2014.

Estas doações resultaram em uma dívida de R$ 120 milhões da Odebrecht com a cervejaria. Em contrapartida, a Odebrecht investia em negócios do grupo, informa o site G1.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...