Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nova Zelândia desiste de armar patrulhas após caso Floyd

Nova Zelândia desiste de armar patrulhas após caso Floyd
COMPARTILHE

Premiê da Nova Zelândia é “totalmente contra dar armas de forma sistemática à polícia”.

Lançado após o atentado terrorista de Christchurch no ano passado, o projeto de patrulhas com agentes armados foi abandonado, nesta terça-feira (9), pela polícia da Nova Zelândia.

No país da Oceania, a polícia patrulha as ruas sem armas. As autoridades temem¹ que a mudança desse cenário pode levar a um aumento da violência policial.

A ideia de patrulhas armadas não despertou² entusiasmo na Nova Zelândia e causou receios² nas comunidades maori e do Pacífico, que costumam ter confrontos com as autoridades policiais.

A primeira-ministra Jacinda Ardern também se mostrou³ “totalmente contra dar armas de forma sistemática à polícia”.

O responsável pela força policial local, Andrew Coster, anunciou, nesta terça-feira (9), que os testes que estavam sendo feitos foram suspensos.

“Está claro que a existência de patrulhas armadas não corresponde ao estilo de polícia que os cidadãos querem”, declarou Coster.

Referências: [1][2][3]

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários