Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Nova Zelândia desiste de armar patrulhas após caso Floyd

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Nova Zelândia desiste de armar patrulhas após caso Floyd
COMPARTILHE

Premiê da Nova Zelândia é “totalmente contra dar armas de forma sistemática à polícia”.

Lançado após o atentado terrorista de Christchurch no ano passado, o projeto de patrulhas com agentes armados foi abandonado, nesta terça-feira (9), pela polícia da Nova Zelândia.

No país da Oceania, a polícia patrulha as ruas sem armas. As autoridades temem¹ que a mudança desse cenário pode levar a um aumento da violência policial.

A ideia de patrulhas armadas não despertou² entusiasmo na Nova Zelândia e causou receios² nas comunidades maori e do Pacífico, que costumam ter confrontos com as autoridades policiais.

A primeira-ministra Jacinda Ardern também se mostrou³ “totalmente contra dar armas de forma sistemática à polícia”.

O responsável pela força policial local, Andrew Coster, anunciou, nesta terça-feira (9), que os testes que estavam sendo feitos foram suspensos.

“Está claro que a existência de patrulhas armadas não corresponde ao estilo de polícia que os cidadãos querem”, declarou Coster.

Referências: [1][2][3]
- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM