Novas sanções dos EUA contra aliados de Maduro na Venezuela

Idiomas:

Português   English   Español
Novas sanções dos EUA contra aliados de Maduro na Venezuela
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O departamento do Tesouro dos Estados Unidos anunciou nesta sexta-feira (15) sanções contra cinco funcionários da inteligência e segurança “alinhados ao ilegítimo ex-presidente Nicolás Maduro”.

“O Tesouro continua visando aos oficiais que ajudaram o regime ilegítimo de Maduro a reprimir o povo venezuelano”, afirmou o Tesouro em um comunicado.

Os membros da ditadura da Venezuela sancionados nesta sexta terão os bens nos Estados Unios congelados e foram proibidos de viajar para o país.

As novas sanções contra chavistas impostas pelos EUA têm como alvos:

  • Diretor do Serviço Nacional de Inteligência (Sebin), Manuel Ricardo Cristopher Figuera;
  • Primeiro-comissário do Sebin, Hildemaro José Rodríguez Mucura;
  • Comandante da Diretoria-Geral de Contrainteligência, Iván Rafael Hernández Dala;
  • Dretor das Forças de Ações Especiais da Polícia (Faes), Rafael Enrique Bastardo Mendoza.

Além disso, o comunicado do Tesouro americano impõe sanção e qualifica como “ilegítimo” o presidente da estatal Petroleos de Venezuela (PdVSA), Manuel Salvador Quevedo Fernández, informa o Estado de Minas.

Newsletter RENOVA

Receba diariamente as últimas notícias do Brasil e do Mundo.

Curta e compartilhe esta notícia

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário

Veja outras notícias em destaque