Novo presidente assume a Petrobras e critica monopólios

Português   English   Español
Novo presidente assume a Petrobras e critica monopólios
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Em cerimônia no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (3), o novo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, tomou posse.

Castello Branco, que recebeu o crachá de presidente da Petrobras das mãos da presidente interina, Solange Guedes, criticou a existência de monopólios, e defendeu uma menor intromissão do Estado na economia.

Em discurso durante a cerimônia de transmissão de cargo, ele declarou:

Através de privilégios e monopólios se transferiu renda do povo brasileiro para pequenos grupos de interesse. Privilégios e monopólios são inadmissíveis numa sociedade livre. Monopólios restringem a liberdade de escolha e impõem aos cidadãos tributação predatória e sem aprovação do parlamento.

E, segundo o “G1“, acrescentou:

Quanto maior a intromissão do estado na economia, mais restrita é a liberdade, menor é o crescimento e maiores as oportunidades para distribuição de favores. É a construção de uma fábrica de pobres.

Castello Branco enfatizou seu alinhamento com o pensamento liberal do ministro da Economia, Paulo Guedes, e brincou se dizendo integrante do ”Chicago’s Oldies”.

SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...

SIGA A RENOVA