Português   English   Español

Novo vai ao STF para derrubar votação de abuso de autoridade

Novo vai ao STF para derrubar votação de abuso de autoridade
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O projeto de lei considera crimes de abuso de autoridade 37 ações diferentes, cometidas por servidores públicos e membros dos Três Poderes.


A bancada do partido Novo na Câmara dos Deputados vai ingressar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a votação da lei de abuso de autoridade seja refeita de modo nominal.

A alegação da legenda será a de que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não cumpriu o rito ao ignorar que havia número de deputados suficientes pleiteando votação aberta.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (15). O líder do partido na Câmara, deputado Marcel Van Hattem (RS), declarou:

“Vamos solicitar que sejam analisados vídeos da votação da lei de abuso de autoridade que comprovam que havia o numero mínimo de 31 deputados solicitando verificação nominal. No vídeo ficou muito claro que mais que 31 deputados levantaram a sua mão.”

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...