Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Novo vai ao STF para derrubar votação de abuso de autoridade

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Novo vai ao STF para derrubar votação de abuso de autoridade
COMPARTILHE

O projeto de lei considera crimes de abuso de autoridade 37 ações diferentes, cometidas por servidores públicos e membros dos Três Poderes.

A bancada do partido Novo na Câmara dos Deputados vai ingressar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a votação da lei de abuso de autoridade seja refeita de modo nominal.

A alegação da legenda será a de que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não cumpriu o rito ao ignorar que havia número de deputados suficientes pleiteando votação aberta.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (15). O líder do partido na Câmara, deputado Marcel Van Hattem (RS), declarou:

“Vamos solicitar que sejam analisados vídeos da votação da lei de abuso de autoridade que comprovam que havia o numero mínimo de 31 deputados solicitando verificação nominal. No vídeo ficou muito claro que mais que 31 deputados levantaram a sua mão.”

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram