Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Núcleo feminino do PCC é tão violento quanto masculino

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Líder do PCC foge após ir para prisão domiciliar devido à pandemia

“Independente de ser homem ou ser mulher, sendo CV [Comando Vermelho] tenho total autonomia de chegar e matar”, diz mulher do PCC.

A facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) agora é composta por dois núcleos: homens e mulheres.

Ambos possuem a mesma hierarquia, poder de julgamento e nível de violência praticada contra facções rivais e ex-integrantes.

A atuação de mulheres como “damas do crime”, protagonistas de chefias no PCC, foi anunciada, nesta terça-feira (28), pelas forças de segurança de Alagoas.

Os agentes realizaram quatro ações policiais integradas contra a facção criminosa dentro da operação “Flashback II”.

As investigações indicaram que pelo menos 18 mulheres fazem parte da cúpula do PCC em Alagoas. Elas atuam no tráfico de drogas e na prática de homicídio.

Dois áudios gravados em conferências telefônicas interceptadas pela investigação mostram mulheres ordenando mortes e relatando como as vítimas foram assassinadas, destaca o portal UOL.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email