PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Número 2 da Câmara diz que Bolsonaro quer fechar Congresso

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

"Não é o presidente da República que decide ou escolhe se tem eleição”, diz Ramos.

PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

O vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou, nesta sexta-feira (9), que as falas do presidente Jair Bolsonaro representam uma ameaça ao Congresso Nacional

Em mensagem na rede social Twitter, Ramos declarou:

“Não ter eleição em 2022 significa fechar o Congresso em 1º de fevereiro de 2023, quando acabam nossos mandatos. Por trás da fala do presidente, há uma ameaça de fechamento do Congresso, e isso exige reação do Parlamento.”

O parlamentar acrescentou que a realização das eleições em 2022 não é uma prerrogativa de Bolsonaro:

“Não é o presidente da República que decide ou escolhe se tem eleição ou não tem eleição. Quem decide se tem e quando tem eleição é a Constituição Federal.”

Ramos completou:

“Quando o presidente da República afronta esta Constituição Federal, colocando em xeque a realização das eleições, não é dado ao Poder Legislativo, ao Poder Judiciário e às Forças Armadas escolher de que lado ficar. Eles têm o dever de ficar ao lado da Constituição que juraram respeitar e defender.”

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.