Português   English   Español
Português   English   Español

Número de mortos em distúrbios na Bolívia sobe para 10

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Número de mortos em distúrbios na Bolívia sobe para 10

“Do total de casos, oito perderam a vida por projéteis de armas de fogo”, diz diretor de instituto forense.

O número de mortos nos conflitos que ocorrem na Bolívia desde 20 de outubro subiu para dez.

80% destas mortes aconteceram devido a projéteis de armas de fogo, segundo a Procuradoria-Geral nesta quarta-feira (13).

Os dados foram confirmados pelo diretor do Instituto de Investigações Forenses (IDIF), Andrés Flores, segundo comunicado do Ministério Público.

De acordo com a agência EFE, Flores declarou:

“O IDIF realizou a análise forense de dez corpos a nível nacional. Quatro são de Santa Cruz, três de Cochabamba, dois de La Paz e um de Potosí. Do total de casos, oito perderam a vida por projéteis de armas de fogo.”

A Bolívia está imersa em uma crise desde as eleições, quando o ex-mandatário Evo Morales foi reeleito para o quarto mandato consecutivo em meio às denúncias de fraude no processo eleitoral.

Desde a renúncia de Morales, no último domingo, uma onda de violência tomou conta de diversas partes do país, com saques, incêndios e outros distúrbios, como noticiou a RENOVA.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Newsletter

Inscreva seu email na RENOVA para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Nome:

Email:

Fique tranquilo(a), assim como você também odiamos spam, você poderá sair quando quiser :)

Comentários_

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias_

Nunca mais seja massa de manobra. Assine!