Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Número de pedidos de demissão de professores da USP dispara

Número de pedido de demissão de professores da USP dispara
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

143 docentes foram exonerados a pedido ou em licença não remunerada na USP nos últimos três anos.

O número de professores que estão pedindo demissão da Universidade de São Paulo (USP), a mais prestigiada instituição de ensino superior do Brasil, deu um salto nos últimos três anos.

De 2017 a 2019, 73 professores pediram exoneração da USP, e outros 70 docentes solicitaram afastamento não remunerado.

Nos três anos anteriores a esse período (2014 a 2016), foram 47 demissões a pedido e 23 licenças do mesmo tipo.

As informações estão presentes em relatório obtido pelo jornal Folha após pedido feito com base na Lei de Acesso à Informação.

A crescente saída de professores está conectada a melhores oportunidades de trabalho no estrangeiro e em outras instituições educacionais do país. 

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE