Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Nuvens de gafanhotos estão destruindo a comida do Quênia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Nuvens de gafanhotos estão destruindo a comida do Quênia
Imagem: Reprodução/AFP

As nuvens de gafanhotos consomem o mesmo volume de alimentos que 35 mil pessoas todos os dias.

Uma aldeia pastoral tranquila do norte do Quênia teve a oportunidade de presenciar uma mancha escura e densa bloquear o céu diurno.

O fenômeno não era uma pesada nuvem de tempestade, mas sim um gigantesco exército de gafanhotos-do-deserto que já vem deixando um rastro de destruição pelo país africano desde fins de dezembro.

“Parecia que um guarda-chuva tinha coberto o céu inteiro”, descreve um aldeão Joseph Katone Leparole.

O Quênia está combatendo o pior ataque de gafanhotos dos últimos 70 anos, mas não está sofrendo sozinho com essa mazela. 

A infestação também está acabando com os pastos e as plantações na Somália e na Etiópia, e varrendo o Sudão do Sul, Djibuti, Uganda e Tanzânia.

As nuvens dos insetos são altamente móveis, chegando a conter até 80 milhões de gafanhotos por quilômetro quadrado.

Estes gigantescos aglomerados de insetos consomem diariamente o mesmo volume de alimentos que 35 mil pessoas, destaca a revista Exame.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias