Português   English   Español

NY proíbe uso de religião como razão para não se vacinar

NY proíbe uso de religião como razão para não se vacinar
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A medida visa conter o maior surto de sarampo nos Estados Unidos. Comunidades de ultraortodoxos judeus são as mais afetadas.


O Parlamento de Nova York eliminou, nesta quinta-feira (13), a isenção religiosa que permitia aos nova-iorquinos não se vacinar embasados em motivos religiosos.

A medida é uma resposta ao atual surto de sarampo no estado, que afeta principalmente uma comunidade de ultraortodoxos judeus.

Em 30 de maio, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês), informaram que os casos de sarampo nos Estados Unidos continuam aumentando e já chegam a 971 neste ano, o maior número no país em 27 anos.

A cidade de Nova York é uma das zonas mais afetadas, com 550 casos reportados desde setembro do ano passado, especialmente no Brooklyn e no Queens, informa a agência EFE.

No caso do estado de Nova York, os dois focos se concentram em comunidades judaicas ultraortodoxas, uma no distrito do Brooklyn e outra no condado de Rockland, nos arredores da cidade.

As autoridades já fecharam sete escolas judaicas neste bairro por descumprirem a ordem de não aceitar crianças não imunizadas, uma decisão tomada para tentar conter a expansão da doença.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on reddit
Share on linkedin
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...