NY Times ‘sem palavras’ para descrever bons números da economia dos EUA

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Em matéria intitulada “Ficamos sem palavras para descrever quão bons são os números de empregos”, o jornal New York Times, crítico ferrenho do presidente, deu o braço a torcer e admitiu os bons resultados do governo Trump.

Os novos números da economia norte-americana no mês de maio, divulgados pelo governo dos Estados Unidos na sexta-feira (1), deixam claro os bons resultados das políticas econômicas estipuladas por Donald Trump.

Para o jornal New York Times, os adjetivos “esplêndido” e “excelente” se encaixam seriam os tipos de termos apropriados para descrever o momento “quando a economia dos Estados Unidos adiciona 223.000 empregos em um mês, apesar de estar nove anos em expansão, e quando a taxa de desemprego cai para 3,8%, a mais baixa de 18 anos.”

Ainda de acordo com o NY Times:

“Salubre”, “sadia” e “saudável” funcionam como palavras para descrever o aumento de 0,3 por cento no salário médio por hora, que estão 2,7% acima que no ano passado – uma melhoria agradável, mas  não o tipo de aumento acentuado que poderia levar a Federal Reserve para repensar o seu caminho cauteloso de aumentos da taxa de juros.

E uma definição mais ampla de desemprego, que inclui pessoas que desistiram de procurar emprego por frustração, caiu para 7,6%. A taxa de desemprego para afro-americanos caiu para 5,9%, a mais baixa já registrada, o que poderíamos contar como “ótimo”.

Alguns aspectos do relatório seriam razoavelmente descritos como “sólidos”, “decentes” ou “benignos”, como o aumento na proporção da população adulta que está empregada para 60,4%, o que corresponde apenas à recente alta de o ano.

Twitter
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Isso também pode te interessar

Deixe seu comentário

Anunciante
e-consulters
Parceiro

Assine nossa Newsletter!

Preencha o formulário para assinar.

Nome Email
newsletter

Últimas publicações