Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘O centro é essencial para a esquerda’, diz governador comunista

'O centro é essencial para a esquerda’, diz governador comunista
Imagem: Reprodução/Twitter
COMPARTILHE

Dino projeta uma suposta divisão entre “bolsarismo e lulismo” durante a disputa pela preferência dos brasileiros em 2020.

Flávio Dino, governador do Maranhão, é defensor de uma frente ampla para “superar a polarização” nas eleições municipais deste ano.

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada neste domingo (12), Dino, que é filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), afirmou que ainda “há inúmeros caminhos a serem percorridos” até as próximas eleições presidenciais, em 2022.

O governador aproveitou o espaço para explicar seu encontro com o apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, que foi noticiado pela RENOVA.

“O fato de ele não integrar a esquerda não significa que não devemos dialogar”, disse Dino sobre Huck

“A meu ver, [políticos alinhados ao centro] eles são essenciais para que a gente possa ter vitórias eleitorais importantes em 2020”, acrescentou o governador.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE