Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

O dia em que policiais deram as costas para o prefeito de Nova York

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
O dia em que policiais deram as costas para o prefeito de Nova York

Crítico do policiamento ostensivo, o prefeito de Nova York não é admirado pelas forças de segurança norte-americanas.

Em janeiro de 2015, apesar das advertências de William Bratton, chefe de polícia de Nova York, agentes deram as costas ao prefeito Bill De Blasio durante discurso feito em funeral de policial assassinado.

Wenjian Liu, um filho de imigrantes chineses, foi morto junto com o seu parceiro, Rafael Ramos, em 20 de dezembro, por um atirador negro que alegou estar vingando a morte de negros por policiais brancos nos Estados Unidos.

Enquanto o prefeito de Nova York discursava, centenas de policiais viraram de costas para o telão que mostrava o político esquerdista.

Muitos policiais demonstraram ressentimento com De Blasio por ele ter expressado simpatia pelas manifestações da extrema esquerda que ocorriam no país contra casos de supostos abusos cometidos pelas forças policias, informa o Valor Econômico.

“O prefeito não tem respeito por nós”, afirmou Camille Sanfilippo, um policial aposentado da cidade. “Por que deveríamos ter respeito por ele?”

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email