Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

O pacto global de Trump contra criminalização da homossexualidade

O pacto global de Trump contra criminalização da homossexualidade
COMPARTILHE

O governo Donald Trump está lançando uma campanha global para acabar com a criminalização da homossexualidade em dezenas de nações onde ainda é ilegal ser gay.

O embaixador dos Estados Unidos na Alemanha, Richard Grenell, homossexual assumido, lidera o esforço, que teve início na noite desta terça-feira (19) em Berlim.

A embaixada americana realizou um jantar com ativistas LGBT europeus para coordenar os esforços contra países que ainda criminalizam a homossexualidade.

Um relatório da International Lesbian, Gay, Bisexual, Trans and Intersex Association (ILGA) informa que ser gay ainda é considerado crime em 72 países. Em 8 deles a punição é a morte.

A lista inclui Afeganistão, Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos, Omã e Paquistão.

“É preocupante que, no século 21, cerca de 70 países continuem a ter leis que criminalizam o status ou a conduta LGBT”, disse um membro da Casa Branca envolvido na organização do evento, segundo informações da NBC News.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários