Português   English   Español

O passado do deputado cotado para Ministério da Saúde

O deputado federal Luiz Henrique Mandetta, cotado para assumir o Ministério da Saúde, “é investigado num inquérito de tráfico de influência e de fraude à Lei de Licitações”.

Mandetta é investigado em inquérito relativo à contratação do Consórcio Telemídia & Technology e da empresa Alert Serviços de Licenciamento de Sistemas de Informática, quando ele era secretário de Saúde de Campo Grande, diz o jornal O Globo.

O Antagonista obteve o documento da ação civil pública de ressarcimento de dano ao erário.

No texto, Luiz Henrique Mandetta e seu sucessor na pasta são acusados de terem autorizado pagamentos indevidos por serviços que não foram executados: “nenhum deles agiu prudentemente, muito pelo contrário, além de coniventes, foram decisivos para que ocorresse o prejuízo ao erário municipal”.

O jornal também obteve um pedido de indisponibilidade de bens, que pode ser conferido: AQUI.

Na segunda-feira (12), o presidente eleito, Jair Bolsonaro, afirmou que o nome do deputado estava sendo cogitado para o cargo de ministro da Saúde, conforme noticiou a Renova Mídia.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter