O pente-fino de Bebianno nos contratos da Secretaria de Comunicação

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ex-presidente do PSL, Gustavo Bebianno, foi indicado por Bolsonaro para comandar a Secretaria-Geral da Presidência da República em seu governo.

O advogado Gustavo Bebianno foi um dos principais articuladores da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro.

Ele vai substituir Ronaldo Fonseca, nomeado por Michel Temer e no cargo desde maio.

Como secretário-geral, Bebianno atuará no Palácio do Planalto e, assim, se mantém muito próximo a Bolsonaro.

Bebianno afirmou que serão mantidas as Secretarias Especiais de Comunicação (Secom) e de Programa de Parcerias de Investimentos (SPPI), segundo informações do Estadão.

De acordo com O Antagonista, o futuro Secretario-geral da Presidência convocou dois generais para fazerem um pente-fino nos contratos fechados pela Secretaria de Comunicação, hoje pilotada por Márcio Freitas.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.