Português   English   Español

O sentimento de rejeição ao PT cresce no Brasil

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Apesar de mostrar o maior crescimento na última pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (18), o presidenciável Fernando Haddad (PT) também enfrenta um aumento considerável da sua rejeição.

A taxa de rejeição ao candidato do PT, Fernando Haddad, foi a que mais cresceu desde o último levantamento, mostra a mais recente pesquisa eleitoral do Ibope. Segundo a consulta, 29% (de 23%) dos eleitores não votariam no petista de jeito nenhum.

Além desse fator negativa para o Partido dos Trabalhadores (PT), o Atlas Político, que monitora em tempo real o grau de antipetismo do eleitorado, afirmou que apesar do crescimento de Haddad nas pesquisas, a rejeição à legenda de Lula nunca foi tão grande.

O antipetismo ganha do petismo de 56,6% a 39,8%, segundo informações de O Antagonista.

Em um eventual segundo turno contra o líder das intenções de voto da corrida presidencial, Haddad e Jair Bolsonaro (PSL) estão tecnicamente empatados, ainda de acordo com a pesquisa Ibope.

Twitter
WhatsApp
Facebook
Google+
LinkedIn
Pinterest

Deixe seu comentário

Veja também...