Português   English   Español

O sonho do PT é transformar Gilmar Mendes em Ministro Supremo

gilmar mendes
Capa: Antonio Milena/VEJA

O jornalista Augusto Nunes desabafou após divulgação de vídeo onde deputado petista diz que Gilmar Mendes é aliado do Partido dos Trabalhadores (PT).

O vídeo em que o deputado federal Wadih Damous, do PT fluminense, comenta a aliança entre a seita a que pertence e Gilmar Mendes lidera há alguns dias, merecidamente, o ranking dos mais sórdidos momentos da política brasileira. Depois de repulsivas investidas contra a Lei da Ficha Limpa, o ex-presidente da OAB do Rio começa a erguer o monumento à sem-vergonhice.

Augusto Nunes continuou em artigo publicado no site da Veja:

“Eu tive ontem com o Gilmar”, revela. Os botões da camisa sucumbindo à pressão da barriga obscena sugerem que Damous não sabe que alguém está gravando o palavrório. Conta que se encontrou com o ministro do STF para repassar-lhe papéis produzidos por um vigarista amigo, especializado em infâmias que têm por alvo o juiz Sergio Moro. “Quem vai botá a boca no trombone pra apurar as denúncias?”, pergunta Damous. Ele próprio responde: “É Gilmar Mendes”.

A aula de cafajestagem avança para o clímax: “Nós temos de aprendê o jogo do xadrez e a fazê política”, ensina o torturador de verbos no infinitivo. “O Gilmar é nosso aliado. Amanhã ele volta a ser nosso inimigo, mas hoje ele é nosso aliado, e nós somos aliados dele”, conclui o devoto de Lula. Em outro vídeo divulgado no dia 13 de abril, ele informou como seria o pontapé inicial de outro jogo que batizou de “redesenho do Poder Judiciário” caso o PT voltasse ao poder: “Tem que fechar o Supremo Tribunal Federal”.

Não é bem assim, corrige o vídeo abaixo. O sonho do deputado é transformar Gilmar Mendes em Ministro Supremo. Supremo e Único, por jogar nas 11. Assim seria pelo menos enquanto estivesse em vigor a parceria que juntou um bando de delinquentes e um político disfarçado de juiz que solta os bandidos amigos punidos por juízes de verdade.

Deixe seu comentário

Veja também...