O temido ‘Enem’ que paralisa a Coreia do Sul por um dia

Português   English   Español
O temido 'Enem' que paralisa a Coreia do Sul por um dia
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

O “Enem” da Coreia do Sul é uma maratona de oito horas que paralisa o país.

Para garantir o silêncio aos alunos que fazem a prova, lojas e bancos fecham, a bolsa de valores abre mais tarde, obras são interrompidas, aviões não decolam e treino militar cessa.

Exatamente às 8:40 do horário local nesta quinta-feira (15), mais de um milhão de estudantes começaram o exame para o qual se preparam durante a vida toda.

A prova, Suneung – uma abreviação de Teste de Habilidade Escolar em coreano -, não dita apenas se estudantes irão à universidade, mas pode afetar suas perspectivas de emprego, salário, onde vão viver e seus futuros relacionamentos.

O silêncio que toma conta do país por um dia em novembro é ocasionalmente interrompido por sirenes distantes – policiais em motos correndo para transportar alunos que estão atrasados para o exame.

Pais nervosos passam o dia em seu templo budista local ou na igreja, segurando fotos de seus filhos. Muitas cerimônias religiosas são propositalmente celebradas no mesmo horário dos exames.

 

Adaptado da fonte BBC
SIGA A RENOVA

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

Veja também...